• 13-06-2024

Yago Mateus sofre ataques racistas durante jogo

Pelo Instagram, Yago Mateus afirmou que episódio o abalou e que essa foi a primeira vez que foi alvo de algo do gênero

O armador da seleção brasileira de basquete, Yago Mateus (@yagomateus02), foi vítima de uma ofensa racista durante uma partida da Eurocopa entre o Ratiopharm Ulm e o Club Joventut Badalona na última terça-feira (7), em Badalona, na Espanha. 

Yago, que defende o Ratiopharm na Alemanha, foi hostilizado por uma torcedora do clube espanhol. Em um vídeo gravado durante o jogo, a mulher pode ser ouvida gritando "mono" em direção ao atleta. A expressão, que significa macaco em espanhol, é considerada altamente ofensiva.

Yago afirmou não ter ouvido a ofensa no momento e agradeceu pelas mensagens de apoio. A Confederação Brasileira de Basquete (@basquetecbb) emitiu uma nota de repúdio ao crime de racismo contra Yago e pediram que as autoridades espanholas atuem com rigor.

"A CBB repudia veementemente o crime de racismo praticado contra o atleta Yago dos Santos, do Ratiopharm Ulm e da Seleção Brasileira, durante a partida da equipe alemã e o Badalona, na Espanha, pela EuroCup, nesta última terça-feira. O crime está gravado em vídeo e a identificação é fácil e rápida. A CBB espera que as autoridades espanholas atuem com o rigor da lei e que crimes como esse não passem mais impunes. Yago, estamos com você, e temos a certeza que NADA irá pará-lo." 

Esse episódio de racismo contra Yago é uma triste lembrança de que o problema da discriminação ainda é prevalente no esporte. 

Cibele Almeida

Diretora de Conteúdo e comunicadora apaixonada por música, moda e tudo que se relaciona à comunidade negra.