• 18-07-2024

Homem é amarrado com cordas e carregado por policiais em SP; agentes são afastados

Meu maior desejo da vida era acordar um dia em um mundo sem racismo. Desfrutar de coisas simples como: entrar em uma loja sem ser perseguido pelo segurança, disputar uma vaga de emprego em que o meu talento fosse de fato reconhecido ou poder sentar em um restaurante e ser tratado com respeito. Mas, a sociedade não deixa. Até quando um corpo negro não tem um teto, uma roupa ou alimento, o racismo estrutural ainda encontra uma maneira de nos torturar.

 

NADA JUSTIFICA ESSA ABORDAGEM POLICIAL. NADA! Uma pessoa em situação de rua sendo carregada como uma "coisa", um objeto qualquer sem nenhuma dignidade. O sistema de segurança que tinha a obrigação de nos proteger é o primeiro a promover a nossa morte. E não venha com a desculpa de que eu não sei o que um agente da lei passa, porque a abordagem não e a mesma quando o corpo é branco e possui algum tipo de posição política ou econômica na "alta sociedade".

 

@policiamilitarsp_oficial é assim que um civil é tratado no seu estado? Qual é a lei que explica ou autoriza esse tipo de condução? Já existe alguma investigação sobre o que estamos vendo no vídeo? Se o sistema de fato busca me proteger, por que as pessoas da minha cor se sentem ameaçadas pelo mesmo sistema todos os dias?

 

Meu maior desejo da vida era acordar um dia em um mundo sem racismo. Enquanto isso não acontece, eu sigo cobrando explicações. Embora eu e você já sabemos quais serão as respostas.

 

Veja vídeo:

Will Marinho

Jornalista, redator publicitário e escritor. Mineiro de 31 anos, o profissional coleciona passagens por veículos como CNN e Casa Vogue, bem como campanhas assinadas para marcas como Chivas Reagal, Samsung, Sallve, Pepsi e Will Bank.